Fla estréia com vitória na Taça Rio: 4 x 2

março 3, 2008

O Flamengo iniciou com o pé direito a Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, com uma vitória de virada por 4 a 2 sobre o Resende, nesta tarde de domingo, no Maracanã. Diego Tardelli (2), Obina e Thiago Sales fizeram os gols da vitória rubro-negra.Com uma equipe bastante mexida, o início de jogo foi complicado para o time da Gávea. Logo aos nove minutos, o estreante Leonardo cometeu pênalti em Alexsandro. O atacante do Resende bateu bem, e abriu o placar no Maracanã.

O gol sofrido fez o rubro-negro crescer na partida. Aos 11 minutos, Obina chutou para fora a chance do empate. Quatro minutos depois, Diego Tardelli assustou com uma perigosa cabeçada, defendida pelo goleiro Márcio.

Aos 22 minutos, o Resende aproveitou bobeira da defesa do Flamengo para ampliar. Toni tocou para Leo chutar da entrada da área, no canto do goleiro Bruno. Cinco minutos depois, Thiago Sales tocou para Leonardo, que carimbou o travessão do Resende.

Aos 28 minutos, Diego Tardelli cruzou, e Thiago Sales cabeceou para diminuir o placar: 2 a 1. O gol fez a torcida e a equipe rubro-negra crescer, e aos 32 minutos, Diego Tardelli chutou forte, mas o goleiro Márcio salvou novamente. Aos 43 minutos, Obina recebeu bonito passe de Jônatas, e chutou na trave a última chance do Fla no primeiro tempo.

Na volta para a segunda etapa, o técnico Joel Santana fez duas alterações na equipe. Gávilan e Maxi entraram nos lugares de Jaiton e Jônatas. As alterações fizeram o time da Gávea crescer na partida. Aos oito minutos, Kleberson levou perigo, experimentando de fora da área.

Aos 15 minutos, festa rubro-negra no Maracanã. Kleberson invadiu a área pela direita, deu lindo “chapéu” em Márcio Costa, e cruzou para Obina empatar a partida.

O Flamengo se lançou ao ataque, e a virada veio cinco minutos depois. Maxi fez bonita jogada e tocou para Diego Tardelli completar com categoria para o gol. Aos 25 minutos, Obina quase fez mais um, cabeceando com perigo.

O jogo continuou com o domínio rubro-negro, aos 45 minutos, Diego Tardelli completou a festa do Flamengo, marcando o seu segundo gol, após cruzamento de Obina. Com o resultado, a equipe rubro-negra assumiu a liderança do Grupo A da Taça Rio.

Na terça-feira os jogadores embarcam para Montevidéu onde enfrentam o Nacional, quinta-feira, pela Libertadores.

FLAMENGO 4 X 2 RESENDE
Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)Data/hora: 02/03/2008 – 18h10min (de Brasília)Árbitro: Leandro Noel Laranja (RJ)Auxiliares: Ricardo Maurício de Almeida e Luiz Antônio de Oliveira
Renda/público: R$ 96.449,00 / 9.358 pagantesCartões amarelos: Jaílton, Kleberson, Jônatas, Egídio, Gavilán (FLA); Beto, Alexsandro, Bruno Reis, Valdir, Márcio Costa, Jack Jone (RES).Cartões vermelhos: Não houveGOLS: Alexsandro, 9′/1T (0-1); Léo, 22′/1T (0-2); Thiago Sales, 28′/1T (1-2); Obina, 14′/2T (2-2); Diego Tardelli, 19′/2T (3-2); Diego Tardelli, 45′/2T (4-2).
FLAMENGO: Bruno, Luizinho, Leonardo, Thiago Sales e Egídio; Jaílton (Maxi, intervalo), Jônatas (Gavilán, intervalo), Kleberson e Marcinho (Cristian, 28′/2T); Obina e Diego Tardelli. Técnico: Joel Santana.
RESENDE: Márcio, Valdir, Márcio Costa, Leandro e Vinícius; Beto, Márcio Gomes (Fábio Azevedo, 22′/2T), Bruno Reis (Biúla, 21′/2T) e Léo; Alexsandro (Jack Jone, 35′/2T) e Toni. Técnico: Roy.

Fonte: Agência FLA

Montenegro se desculpa por cena após final

março 2, 2008

A cena de todos os jogadores do Botafogo juntos no vestiário após a derrota na Taça Guanabara emocionou alguns, mas foi motivo de provocação de muitos. Após a vitória por 1 a 0 sobre o América, neste sábado, no Engenhão, Carlos Augusto Montenegro pediu desculpas pelo ato.

– Foi algo em cima da emoção e por causa de acontecimentos de alguns anos. Achei que aquela atitude foi um exagero, e, principalmente, um não-reconhecimento do título do Flamengo, que foi merecido. Na minha opinião, faltou tranqüilidade ao Botafogo na final. O Flamengo foi o legítimo vencedor do primeiro turno.

Mas ao comentar novamente o julgamento da próxima quarta-feira, quando serão analisados os incidentes na decisão da Taça Guanabara, Montenegro voltou a mostrar-se indignado com o procurador-geral do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio, André Valentim, e com o árbitro Marcelo de Lima Henrique, que afirmou ter sido xingado pelo técnico Cuca.

– Vamos provar que ele é um mentiroso. Podem anotar: não vai haver mais pênalti nesse campeonato por causa de agarra-agarra.

Fonte: Globo Esporte

Obina confiante para a estréia na Taça Rio

março 2, 2008

Os jogadores do Flamengo realizaram hoje à tarde o último treino antes da estréia da Taça Rio, amanhã, contra o Resende, no Maracanã. Após o tradicional treino recreativo nas vésperas de jogos, os titulares, que não atuarão amanhã, fizeram uma puxada atividade física, enquanto os relacionados para a partida aprimoraram a pontaria.

Confirmado no ataque titular, o atacante Obina resumiu o pensamento dos que estarão em campo contra o Resende.
– Quem vai entrar não fica pensando se é titular ou reserva. O importante sempre, é ajudarmos o Flamengo a vencer. O time que vai entrar tem qualidades e certamente teremos uma boa atuação para começarmos bem na Taça Rio – afirmou o ídolo da torcida rubro-negra.

Fonte: Agência FLA